TAP - Termo de Abertura de Projeto

Versão: 1.0 Iniciado 03 de dezembro de 2020

Nome do Projeto

Operação Hawkings

Descrição

O Sistema de Integração de Serviços de Segurança Pública - SISDEPOL CSP - é um sistema adquirido de terceiros que por finalidade a Integração de Serviços de Segurança Pública de informações relacionadas à Segurança Pública. Ele permite a consultam de dados, o cruzamento de informações e redução o tempo de registro de ocorrências e de procedimentos relacionados aos inquéritos que tramitam nas delegacias de polícia de todo o Estado. O sistema permite  o registro de ocorrências On-Line, as viaturas terão um Tablet removível acoplado ao painel do veículo sendo uso usado para consulta de dados e registros, e uma câmera afixada no colete de cada Policial Militar para coleta de imagem. Cada ente relacionado à SESDEC, como Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Polícia Civil, Departamento Estadual de Trânsito e Instituto de Criminalística, tem suas bases de dados próprias e trabalham isoladamente.  

Justificativa

O SISDEPOL necessita integrar as forças já citadas aos Órgão do Judiciário (TJRO/Justiça Prisional) ao fazer poderá eliminar tarefas, reduzir o tempo de permanência do policial nas ocorrências de forma a ampliar a eficiência dos serviços de segurança pública.

A operação Hawking visa melhorar a serventia das funcionalidades do SISDEPOL para melhor integrar os serviços dos órgãos de segurança pública e do judiciário.

Por tratar-se de sistema comprado de terceiros, e considerando a necessidade urgente de sempre melhorar funcionalidades do SISDEPOL consideradas sem avanço tecnológico (obsoletas) para uso. Considerando que informações de segurança pública são essenciais e não podem parar de receber atualizações, se alça o projeto Operação Hawkings de melhorias que dentre as melhorias já descritas dará velocidade aos controles e na emissão de boletins de ocorrência On-line.

Objetivo S.M.A.R.T.

Melhorar em 100% as funcionalidades do sistema SISDEPOL analisadas pela Operação Hawkings, considerada à adaptação dos atuais registros para uso da Placa MERCOSUL,  as alterações nos registros no banco de dados do Nome Social, a integração do CIOP com o SISDEPOL através de criação e uso de API  e a alterar funcionalidade da base de dados Filiação até Março 2021

Requisitos

Adaptar a  Placa MERCOSUL no Estado de Rondônia 

Melhorar a base de dados do Banco de Dados NOME SOCIAL 

Integrar sistemas entre órgão de segurança pública e do judiciário

Designação

 

Product Owner: Jonatas Justiniano

Clientes: Maico Moreira (Diretor Executivo/SETIC)

Sr. Osmar Chefe de Departamento (DINTEL - Departamento de Informática e Telecomunicações da Policia Civil de Rondônia)

Sr. Vicente - Desenvolvimento (DINTEL - Departamento de Informática e Telecomunicações da Policia Civil de Rondônia)

Time de Desenvolvimento: 

Diego Barros

Diego Gonçalves

Alef carvalho

Anderson Soares

Esquadrão Suicida (Iniciou e Finalizou)

Grupos de Entrega

Inicio do evento: 03/12/2019

Melhorias entregues até 06/03/2021

Adaptação dos atuais registros para uso da Placa MERCOSUL - Dez/2020;

Alterações nos registros no banco de dados do Nome Social - Janeiro 2020;

API integração do CIOP com o SISDEPOL - Fev/2020;

Alteração de funcionalidade da base de dados Filiação - Març/2020

Custo do Projeto: Não foi possível identificar

Valor de Mercado: Não foi possível identificar

Processo no SEI: Não consta